Casas de Apoio Próximas ao Hospital das Clínicas

Casas De Apoio Proximo Ao Hospital Das Clinicas

A Casa Malice é uma instituição que acolhe indivíduos em situação de vulnerabilidade social, provenientes de diferentes regiões do país, que estão passando por tratamentos médicos intensivos fora de suas cidades. Durante sua estadia em Curitiba, cada paciente traz consigo um acompanhante para auxiliá-lo durante todo o período em que permanecem na casa.

A Casa Malice recebe, em média, 30 indivíduos mensalmente. Desde sua criação em 2016, já foram realizados mais de 1.500 acolhimentos, totalizando aproximadamente 15.000 diárias.

Na Casa Malice, os pacientes recebem um atendimento acolhedor e gratuito em um ambiente bem estruturado. Nossas instalações garantem moradia, alimentação, higiene, segurança e privacidade adequadas para o paciente em tratamento e seu acompanhante. Além disso, oferecemos acessibilidade para que todos possam se sentir confortáveis durante sua estadia conosco.

No momento, estamos focados principalmente no acolhimento temporário institucional. Oferecemos suporte a indivíduos que se encontram em situação de vulnerabilidade fora de suas residências durante o período pós-transplante de medula óssea. Essas pessoas são encaminhadas pelo Hospital de Clínicas de Curitiba-PR e não há um prazo definido para sua estadia conosco.

Apoio ao pós-transplatado

O período de tratamento do Transplante de Medula Óssea varia de cento e vinte dias a um ano, dependendo das circunstâncias. Isso implica em uma mudança nas condições de vida dos pacientes, que precisam se afastar de suas casas, famílias e comunidades. Nosso trabalho é contínuo e visa não apenas o aspecto social, mas também garantir o tratamento adequado, a manutenção e proteção desses pacientes durante todo o tempo necessário para sua completa recuperação. Oferecemos moradia, alimentação, medicação, transporte e acesso aos serviços essenciais conforme estabelecido na Lei 8080/1990.

Na Casa Malice, os usuários recebem um suporte abrangente que inclui acompanhamento assistencial, auxílio na aquisição de medicamentos, encaminhamentos para serviços da rede de apoio e atendimento psicológico e nutricional. Essas atividades são realizadas em parceria com a equipe técnica do hospital local, visando aumentar as chances de cura dos pacientes em todas as etapas do processo. Além disso, proporcionamos uma residência temporária com instalações adequadas e seguras para garantir o bem-estar dos indivíduos durante o tratamento. Nosso trabalho engloba desde a busca pelos melhores recursos terapêuticos até oferecer um ambiente habitável e digno aos beneficiados.

Associação Mara Lígia Cercal inaugura sua primeira sede próxima ao Hospital das Clínicas

A Casa Malice recebeu esse nome em homenagem a Mara Lígia Cercal, uma assistente social que dedicou sua vida ao Serviço de Transplante de Medula Óssea do Hospital de Clínicas. Seu trabalho incansável visava melhorar as condições de vida dos pacientes com doenças sanguíneas.

A dedicação da Mara Lígia aos pacientes era notável, sendo que ela chegava ao ponto de acolher alguns em sua própria casa durante o tratamento. Isso acontecia numa época em que não existia a portaria do TFD 55/1999, que hoje oferece auxílio financeiro para pessoas em tratamento fora de suas cidades. A Mara Lígia compreendia a importância de um ambiente acolhedor na recuperação dos pacientes e fazia questão de proporcionar isso, especialmente para aqueles com poucos recursos financeiros que vinham de outras localidades para se tratar em Curitiba.

Mara Lígia era uma profissional dedicada e comprometida com o bem-estar dos pacientes. Ela sempre se empenhava ao máximo para atender às suas necessidades. No entanto, ela percebeu que havia uma lacuna na oferta de um local apropriado para abrigar pacientes adultos em tratamento de transplante de medula óssea. Por esse motivo, Mara tinha o sonho de criar uma instituição com uma casa de apoio especialmente projetada para esses pacientes.

Infelizmente, a Mara Lígia faleceu antes de poder realizar esse sonho pelas próprias mãos. Porém, seus colegas de trabalho buscaram concretizar o desejo da Mara Lígia e no ano 2000 se uniram para criar a Associação Mara Lígia (AMALICE). A Associação contava com uma casa extremamente modesta que havia sido cedida por um colaborador. Ainda assim, se tratava de um projeto pioneiro no sentido de acolher pacientes adultos, pois até então, só havia casas de apoio que acolhessem crianças e adolescentes.

You might be interested:  Clínicas que realizam colonoscopia

A AMALICE, liderada pelos colegas da Mara Lígia por vários anos, passou por uma fusão em 2016 com o Instituto TMO (Associação Alírio Pfiffer), que já oferecia apoio ao STMO/HC. Essa união teve como objetivo integrar os serviços de atendimento e proporcionar melhores condições para os transplantados de medula óssea que estivessem fora de suas casas e em situação de vulnerabilidade social.

Quem tem permissão para ficar em uma casa de apoio?

As instituições de cuidado para idosos são responsáveis por atender tanto aqueles que são dependentes quanto os independentes. Elas oferecem um suporte especializado, garantindo o bem-estar e a qualidade de vida dos idosos. Além disso, essas instituições têm como público-alvo pessoas com mais de 60 anos que necessitam de acompanhamento médico regular.

Para exemplificar essa realidade, podemos citar casos em que os idosos precisam fazer uso contínuo de medicamentos controlados ou realizar exames periódicos. Nessas situações, a presença constante dos profissionais habilitados se torna fundamental para garantir a correta administração dos remédios e o acompanhamento adequado do estado de saúde do indivíduo.

Outro ponto importante é o amparo especial oferecido pelas instituições aos seus residentes. Isso inclui desde auxiliar nas atividades diárias básicas até proporcionar momentos recreativos e sociais dentro da comunidade onde vivem. Esse tipo de suporte contribui significativamente para manter a autonomia e independência dos idosos.

Um exemplo prático desse amparo pode ser observado na oferta de atividades físicas adaptadas às necessidades individuais dos residentes, como sessões leves de exercícios ou caminhadas orientadas por profissionais qualificados em educação física. Essas atividades ajudam a promover o bem-estar físico e mental dos idosos, além de estimular a interação social entre eles.

Acesso ao serviço de acolhimento da Casa Malice: diferentes formas disponíveis

A articulação das redes socioassistenciais é responsável pelos encaminhamentos dos usuários, sendo feita através do serviço social do STMO/Hospital de Clínicas/UFPR. Os critérios para o acolhimento estão diretamente ligados ao perfil dos indivíduos, considerando sua vulnerabilidade social, econômica e familiar.

Público Atendido pela Casa Malice

Indivíduos com mais de 16 anos que enfrentam vulnerabilidade social e sofrem de doenças relacionadas ao sangue, necessitando de um Transplante de Medula Óssea, juntamente com os acompanhantes essenciais para o tratamento.

Aceitamos indivíduos que atendam aos critérios de todas as áreas do país.

A Casa Malice oferece diversos benefícios aos usuários que recebem o Tratamento Fora de Domicílio. Todos esses benefícios são mantidos através das doações recebidas pelo Instituto TMO. Você pode ser um apoiador do Instituto TMO e colaborar para a manutenção dessas ações. Clique aqui e veja como você pode fazer parte dessa causa.

O financiamento do aluguel social é disponibilizado para indivíduos diagnosticados com bactéria multirresistente, que não podem mais ficar em casas de apoio.

Oferecer assistência alimentar por meio do custeio de cestas básicas aos beneficiários do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) que necessitam de suporte nutricional.

A aquisição de remédios para o período anterior e posterior ao transplante, assim como medicamentos não fornecidos pelo SUS, é um aspecto importante a ser considerado.

A Casa Malice recebe doações de roupas, produtos de limpeza e itens de higiene pessoal para ajudar seus usuários.

Encaminhamento de pacientes para a realização de exames e transporte para o hospital de pessoas debilitadas são serviços essenciais na área da saúde.

Programa de apoio: definição e conceito

O Programa de Apoio ao Colaborador é uma iniciativa que visa fornecer suporte virtual para auxiliar a empresa no atendimento aos seus colaboradores e seus dependentes legais em questões relacionadas à saúde física, mental e social, que podem afetar diretamente ou indiretamente sua qualidade de vida e ambiente de trabalho.

Esse programa oferece um canal de comunicação virtual onde os colaboradores podem buscar orientação e apoio em diversas áreas. Por exemplo, se alguém estiver enfrentando problemas emocionais como ansiedade ou depressão, pode entrar em contato com profissionais especializados para receber orientações sobre como lidar com essas questões. Além disso, o programa também pode ajudar na resolução de conflitos interpessoais no ambiente organizacional.

Além disso, o Programa de Apoio ao Colaborador garante confidencialidade nas interações entre os profissionais responsáveis pelo atendimento e os colaboradores. Isso significa que as informações compartilhadas durante as sessões são tratadas com sigilo absoluto, garantindo assim a privacidade dos envolvidos.

You might be interested:  Clínica de fisioterapia perto de mim

Em suma, esse programa tem como objetivo principal promover o bem-estar dos colaboradores dentro do contexto organizacional. Ao disponibilizar um canal seguro e prático para busca de apoio biopsicossocial, a empresa demonstra preocupação com a saúde e qualidade de vida de seus colaboradores, contribuindo para um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.

Encaminhamentos para a Rede de Apoio Social:

Dentro do Serviço de Acolhimento do Instituto TMO, uma atividade crucial é fornecer orientação e encaminhamento tanto internamente quanto externamente para os pacientes em tratamento de Transplante de Medula Óssea. Essa assistência é realizada pela nossa Assistente Social.

Essa iniciativa é realizada por meio da colaboração com uma rede de apoio específica.

A solicitação de medicação de alto custo, a renovação da documentação e a retirada dos medicamentos são procedimentos essenciais para garantir o acesso contínuo aos tratamentos necessários. Essas etapas são fundamentais para que os pacientes possam receber os medicamentos adequados e continuar seus cuidados de saúde sem interrupções. É importante ressaltar a importância desses processos na manutenção da qualidade de vida dos indivíduos que dependem desses medicamentos específicos.

Nossa equipe está disponível para auxiliar e direcionar os pedidos de agendamento de perícias, assim como orientar e encaminhar solicitações relacionadas a benefícios previdenciários e assistenciais. Além disso, oferecemos suporte na apresentação de recursos nos casos em que os benefícios foram indeferidos. Estamos aqui para ajudá-lo(a) em todas essas questões.

O encaminhamento e acompanhamento junto a uma equipe multidisciplinar é um processo fundamental para garantir o cuidado adequado aos pacientes. Essa abordagem envolve a colaboração de profissionais de diferentes áreas, como médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais.

Durante o encaminhamento, os profissionais identificam as necessidades específicas do paciente e direcionam sua demanda para os especialistas mais adequados. Isso garante que cada aspecto da saúde seja abordado de forma integral.

Já o acompanhamento consiste em monitorar continuamente a evolução do paciente ao longo do tratamento. Os membros da equipe multidisciplinar se comunicam entre si para trocar informações relevantes sobre o caso e ajustar as estratégias conforme necessário.

Essa abordagem colaborativa permite uma visão mais completa da situação clínica do paciente, levando em consideração não apenas os aspectos físicos, mas também emocionais e sociais. Dessa forma, é possível oferecer um atendimento mais eficiente e personalizado.

É importante ressaltar que essa prática deve ser realizada com ética e respeito à privacidade dos pacientes. A confidencialidade das informações compartilhadas entre os profissionais deve ser preservada em todos os momentos.

Em suma, o encaminhamento e acompanhamento junto a uma equipe multidisciplinar são essenciais para promover um cuidado integral aos pacientes. Ao reunir diferentes expertises em prol do bem-estar dos indivíduos, é possível alcançar resultados mais positivos no tratamento de diversas condições de saúde.

Eu me chamo Adriano Ortiz e moro em Curitibano-SC. Tenho 43 anos, sou casado e tenho dois filhos. Há 25 anos, passei por um transplante de medula óssea (TMO). Naquela época, enfrentei muitas dificuldades para me deslocar da minha cidade até Curitiba. Não havia transporte de saúde disponível e precisei contar com a ajuda financeira dos amigos e familiares. Além disso, não tinha onde ficar em Curitiba… continuar lendo…>>

Meu nome é Josiane Siqueira e sou uma pessoa que passou por um transplante de medula óssea. Essa experiência aconteceu em Curitiba no ano de 2016, e cada etapa desse processo exigiu muito esforço para arrecadar fundos necessários. Na verdade, foi preciso pedir dinheiro a várias pessoas… continuar lendo…>>

Número de casas de apoio no Brasil

Existem diversas casas de apoio próximas ao Hospital das Clínicas, que oferecem suporte e acolhimento aos pacientes e seus familiares durante o período de tratamento. Essas unidades são fundamentais para garantir um ambiente confortável e seguro, facilitando o acesso aos serviços médicos e proporcionando uma estadia mais tranquila.

A seguir, apresentamos uma lista com algumas das casas de apoio disponíveis nas proximidades do Hospital das Clínicas:

1. Casa Ronald McDonald: Localizada a poucos metros do hospital, oferece hospedagem gratuita para crianças em tratamento contra o câncer, juntamente com seus acompanhantes.

2. Casa Hope: Oferece hospedagem gratuita para crianças em tratamento oncológico e transplantados, além de assistência social e psicológica.

3. Associação Brasileira Beneficente da Reabilitação (ABBR): Proporciona alojamento temporário para pessoas com deficiência física ou neurológica que necessitam realizar tratamentos no hospital.

4. Instituto Ronald McDonald: Disponibiliza moradia temporária para adolescentes em tratamento contra o câncer na cidade de São Paulo.

5. Casa Acolhedora Vida Nova: Oferece hospedagem gratuita a pacientes adultos em situação vulnerável que estão realizando algum tipo de tratamento no hospital.

You might be interested:  Clínica IHEF Feira de Santana - Contato Telefônico

6. Lar Escola São Francisco: Proporciona abrigo temporário a crianças carentes que precisam se deslocar até o Hospital das Clínicas para receber atendimento médico especializado.

7. Associação dos Amigos da Oncologia (AMO): Dispõe de casa própria destinada à hospedagem gratuita de pacientes adultos em tratamento oncológico.

8. Casa de Apoio à Criança com Câncer Santa Teresa: Oferece hospedagem gratuita para crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer, juntamente com seus familiares.

9. Associação Brasileira de Assistência às Pessoas com Câncer (ABRAPEC): Disponibiliza alojamento temporário para pacientes adultos em tratamento oncológico no Hospital das Clínicas.

10. Casa do Pequeno Cidadão: Proporciona abrigo temporário a crianças carentes que necessitam realizar consultas ou procedimentos médicos no hospital.

Essas são apenas algumas das casas de apoio disponíveis nas proximidades do Hospital das Clínicas, sendo importante ressaltar que existem outras instituições que também oferecem suporte aos pacientes e seus familiares durante o período de tratamento.

Obtendo uma casa de repouso sem custos

Quem tem direito a um asilo público? Tem direito a vaga em asilo gratuito os idosos cujas famílias não podem cuidá-lo por motivos psicológicos ou de trabalho, e que não possuem recursos financeiros para pagar por um local particular.

P.S.: É importante ressaltar que o acesso aos asilos públicos é garantido pela Constituição Federal brasileira, que estabelece o direito à assistência social e à proteção dos idosos. Dessa forma, aqueles que se enquadram nos critérios mencionados têm o direito legal de receber acolhimento em uma instituição pública.

Os idosos cujas famílias enfrentam dificuldades emocionais ou estão impossibilitadas de oferecer os cuidados necessários também são contemplados com vagas nos asilos públicos. Muitas vezes, esses familiares podem estar passando por problemas como doenças mentais graves ou sobrecarga de trabalho, tornando-se incapazes de prover adequadamente os cuidados ao idoso.

Além disso, é fundamental destacar que a falta de recursos financeiros para arcar com uma moradia particular também é considerada um fator determinante para ter acesso aos asilos gratuitos. Muitos idosos vivem em situação vulnerável e não possuem condições econômicas suficientes para custear uma casa própria ou pagar pelos serviços oferecidos pelas casas particulares especializadas no cuidado da terceira idade.

Portanto, diante dessas circunstâncias específicas e amparado pela legislação vigente no Brasil, o Estado disponibiliza vagas em asilos públicos próximos às comunidades onde residem esses indivíduos mais fragilizados, garantindo-lhes um ambiente seguro e acolhedor para viverem com dignidade na terceira idade.

P.S.: É importante ressaltar que a demanda por vagas em asilos públicos muitas vezes supera a oferta disponível. Por isso, é fundamental que o Estado invista cada vez mais nesse setor, ampliando a quantidade de instituições e melhorando sua infraestrutura. Além disso, é necessário promover políticas de apoio às famílias dos idosos, oferecendo suporte psicológico e financeiro para que possam cuidar de seus entes queridos em casa sempre que possível. Dessa forma, será possível garantir uma velhice digna e com qualidade de vida para todos os idosos brasileiros.

Preço de uma casa de repouso para idoso

Nesse contexto, os custos das casas de apoio próximas ao Hospital das Clínicas variam entre R$ 2.000 e R$ 4.000 mensais. Essa faixa de valores permite que o idoso tenha acesso a um ambiente mais privativo, o que pode ser uma excelente opção para aqueles que valorizam sua intimidade.

Além disso, essas casas de apoio oferecem diversos benefícios aos seus residentes. Em primeiro lugar, elas estão localizadas em proximidade com o hospital, facilitando assim o deslocamento do idoso e garantindo um atendimento médico rápido em caso de necessidade.

Outro ponto importante é a estrutura disponibilizada por essas casas de apoio. Geralmente, elas contam com quartos individuais ou compartilhados apenas com poucas pessoas, proporcionando maior conforto e tranquilidade ao idoso durante sua estadia.

Além disso, muitas dessas residências possuem profissionais capacitados para auxiliar nas atividades diárias dos moradores como alimentação adequada e administração correta da medicação prescrita pelos médicos responsáveis pelo tratamento do paciente.

Por fim, vale ressaltar que as casas de apoio próximas ao Hospital das Clínicas também promovem um ambiente social acolhedor onde os idosos podem interagir uns com os outros e participar de atividades recreativas organizadas pela equipe responsável pelo local.